grasisousa@gmail.com

No vídeo “para se ter um CUbelo”, 2015 7'42 realizo um tutorial de cabelo a partir do uso de um aspirador como pente ou escova. Com o cabelo “aspirado” surge uma aparência feminina divergente na sua relação com o asseio do corpo e da casa, pois o cabelo é valorizado enquanto matéria desordenada, indisciplinada e a limpeza do ambiente sabotada na medida em que a poeira foi deixada de lado em função dessa investigação de si. O que é veiculado então é o documento de um outro imaginário do que se faz no lar.